Artes plásticas de Roraima concorrendo à premiação

 

O artista plástico Jaider Esbell está concorrendo ao PIPA (Prêmio IP Capital Partners de Arte). O PIPA surge da parceria entre a IP Capital Partners e o MAM- Rio, para a criação do mais relevante prêmio brasileiro de artes visuais e é coordenado pela equipe do Instituto IP, conforme o seu site. Criado em 2010 possui a missão de divulgar a arte, artistas no Brasil, e o MAM-Rio, e de estimular a produção nacional de arte contemporânea, motivando e apoiando artistas brasileiros com carreira de pouca visibilidade nacional, porém com relevante produção, incentivando a produção cultural independente, servindo como uma alternativa de modelo para o terceiro setor.

Foto: Márcio Lavôr

Foto: Márcio Lavôr

Jaider Esbell, dos mais profícuos artistas plásticos locais, vive e trabalha em Boa Vista, porém é índio da etnia macuxi nascido em 1979 no município de Normandia, tendo vivido até os 18 anos de idade na Terra Indígena Raposa Serra do Sol. Jaider, contudo demonstra seu talento desde cedo com a literatura e pintura, e é, através da construção de suas narrativas, quer elaboradas na escrita quer em imagens pintadas, que traduz a percepção de sua complexa teia de relações culturais, na fronteira norte do Brasil, no entrelaçamento entre o nativo e o urbano, assumindo a complexidade da arte contemporânea.
Para que o Jaider Esbell possa participar da exposição no MAM-Rio é necessário receber no mínimo 500 votos na primeira fase (até o dia 24 de julho) e ter expressiva votação na segunda fase votação (até o dia 31 de julho). A votação é on-line, bastando clicar aqui para acessar a página.

 

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *