You are currently viewing ACOLHIMENTO | Profissionais da Escola Sônia de Brito participam de Acolhimento Emocional
Compartilhe

Com foco no acolhimento mental dos profissionais de educação, a Escola Estadual Maria Sônia de Brito Oliva, localizada no bairro Senador Hélio Campos, realizou na manhã desta quinta-feira, dia 24, uma palestra sobre saúde emocional, com o objetivo de contribuir para o bem-estar de toda a comunidade escolar neste início de ano letivo.

Os profissionais puderam acompanhar a palestra da psicóloga Francimeire Melo, que atua na DIPSE (Divisão Psicossocial de Desenvolvimento Escolar) da Seed (Secretaria Estadual de Educação e Desporto), que abordou temas como controle e autoconhecimento das emoções, empatia, condicionamento físico,  entre outros.

“Esse acolhimento serviu para falarmos um pouco sobre a saúde emocional, que de muitos, está abalada frente ao cenário pandêmico. Trouxemos uma dinâmica onde eles [participantes da palestra] puderam se perceber e ver a necessidade do autocuidado”, destacou a psicóloga Francimere.

Além da palestra, os profissionais foram recebidos com um café da manhã e um kit especial: equipamentos de proteção (EPIs), cadernos, canetas e outro itens. O professor de Matemática, Evaldo Martins, disse que o conhecimento adquirido no evento, servirá de suporte no momento de orientar os seus alunos.

“Essa palestra vai me ajudar na hora de orientar os estudantes quanto aos problemas psicológicos, não só advindos da relação professor e aluno, mas também dos problemas familiares e sociais, que acontecem além do muro da escola”, ressaltou o docente.

As aulas na Escola Maria Sônia de Brito Oliva retornaram no dia 9 deste mês, de forma remota, por conta dos serviços de revitalização que estão sendo realizados na unidade. A instituição atende atualmente 1.009 estudantes do Ensino Fundamental (6° ao 9° ano) e EJA (Educação de Jovens e Adultos).

“Trabalhamos nesse momento o fortalecimento da saúde emocional dos profissionais da escola, pois a pandemia afetou a vida de todos, de forma física, emocional, psíquica, então quanto mais acolhimento, melhor”, enfatizou a gestora da unidade, Maria Sonia Aguiar.

Texto: Francis Silva
Foto: Ascom/Seed

Deixe um comentário