You are currently viewing DIA DOS AVÓS – Em Roraima idosos contam com vários direitos assegurados
Compartilhe

Rosário Cordeiro, de 66 anos, é assistente social e servidora pública. Além disso, desempenha uma outra missão importante, a de ser avó de Cayo, Cauê e Caíque, a ‘mãe com açúcar’, como ela mesma se intitula. Para celebrar a data, nesta segunda-feira (26) é comemorado mundialmente o Dia dos Avós.

Segundo Rosário, após o nascimento do primeiro neto ela ganhou mais disposição e passou a cuidar mais da saúde. “Eu rejuvenesci tanto emocionalmente quanto fisicamente. A gente passa a ter mais disposição para acompanhar o pique deles. Os netos vêm para tornar mais suave o envelhecer”, frisou.

Avó pela primeira vez aos 46 anos, destacou que boa parte do tempo é ela quem aprende com os netos. “Eu aprendo muito sobre tecnologia com eles. É um convívio diferente do que foi com os filhos. O que a gente tem com eles é uma parceria para vida”, disse.

A manutenção dos vínculos afetivos e a interação com os netos são cruciais para um bom envelhecimento. Neste sentido, em 2018 a Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), aprovou a Lei nº 1.236 que instituiu o Programa de Apadrinhamento Afetivo ‘Um Lar Para os Idosos’.

A norma determina que o acolhimento dos idosos seja de responsabilidade das unidades do Estado ou municípios e entidades não governamentais. Eles poderão ser apadrinhados aos finais de semana, feriados e/ou datas comemorativas. Essa é uma forma do padrinho possibilitar ao idoso a inserção social, dando-lhe carinho, atenção e solidariedade.

A autora da lei, deputada Aurelina Medeiros (PODE), disse que este tipo de acolhimento garante aos idosos uma melhor qualidade de vida. “Não é para arcar com despesas de manutenção de idosos, é um carinho, uma mão amiga, uma palavra amiga, é mostrar que eles existem”, justificou a parlamentar.

Origem da Data

A data escolhida para comemorar o Dia dos Avós faz referência à comemoração do Dia de Santa Ana e São Joaquim, que, segundo a tradição da Igreja Católica, seriam os avós de Jesus Cristo.

Estatuto do idoso

No âmbito nacional, o Estatuto do Idoso é uma Lei Federal, de nº 10.741, que regulamenta os direitos assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, que vivem no país. O documento foi resultado do trabalho de várias entidades voltadas para a defesa dos direitos dos idosos no Brasil, e também de profissionais das áreas da saúde, direitos humanos e assistência social, além de parlamentares.

Texto Bruna Gomes 

Foto: Arquivo Pessoal

SupCom ALE-RR

Deixe um comentário