You are currently viewing EM 2021 | Governo entregou mais de 372 toneladas de alimentos para entidades beneficentes
Compartilhe

Mais de 372 toneladas de alimentos adquiridos por meio do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) da Seapa (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento) foram doadas para 46 entidades beneficentes em 2021. O investimento para a execução do Programa durante este ano foi de R$ 1 milhão.

Com quatro cooperativas e quatro associações habilitadas, o secretário de Agricultura, Aluizio Nascimento, fala sobre a importância do PAA Roraima para fomentar a agricultura familiar.

“Fizemos 1.294 doações durante todo o ano de 2021, todos os alimentos adquiridos pelo Governo foram entregues a 46 entidades devidamente cadastradas em nosso sistema. Acertamos no ponto certo, conseguimos dar dignidade, ao oferecer alimentos da nossa agricultura familiar às pessoas em situação de vulnerabilidade social e alimentar e, ao mesmo tempo, investimos no homem do campo”, disse.

O governador Antonio Denarium comemorou o sucesso na execução do PAA Roraima. “Esse programa foi feito com o objetivo único de ajudar quem mais precisa. Tanto os produtores que venderam seus produtos, quanto às famílias em vulnerabilidade social, receberam as doações, isso é compromisso”, frisou.

Os principais alimentos distribuídos foram banana comum, banana pacovan, mamão, limão, pepino, abóbora, tomate, milho verde, farinha de batata doce, batata doce, berinjela, laranja, macaxeira, rúcula, cheiro verde, couve, alface, polpas de frutas, melancia, maxixe e coco verde. Este ano o PAA Roraima inovou ao acrescentar a farinha da batata-doce, polpas de frutas, o mel e leite bovino na lista de alimentos recebidos.

Alimentos distribuídos

Cícera Bezerra, voluntária na Associação Mexendo a Panela, que funciona dentro da Igreja da Consolata, no bairro São Vicente, falou da importância da doação de alimentos por meio do PAA Roraima, pois no local, são feitas em média 1 mil refeições diárias.

“É de um valor muito significativo, um valor nutricional para estas pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social nas ruas. Essa doação que é feita, agrega muitos nutrientes na alimentação, fora o que já vem normal, como arroz, feijão e proteína. Você ter um legume, uma fruta, para ajudar na alimentação é de muita importância, o que às vezes não temos nenhuma verdura para pôr na comida”, pontuou.

Texto: Cacau Bastos
Foto: Ascom Seapa

Deixe um comentário