You are currently viewing EM PACARAIMA | Governo discute plano de vacinação contra a Covid-19 para imigrantes
Compartilhe

O governo de Roraima, por meio da Sesau, está se preparando para alcançar mais uma etapa importante na Campanha de Vacinação contra a Covid-19: a ampliação da imunização na população de fronteira. As próximas semanas serão de muito trabalho conjunto entre a Sesau e prefeitura de Pacaraima, para o planejamento da logística de vacinação do público imigrante.

Para o alcance dessa etapa o planejamento já começou com uma visita técnica na sede do município, entre a Coordenadora da CGVS (Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde da Sesau), Valdirene Oliveira e representantes da Superintendência Estadual do MS (Ministério da Saúde), a OPAS (Organização Pan-Americana da Saúde), que presta assistência em saúde aos imigrantes em situação de rua, além de coordenadores da Secretaria Municipal de Saúde de Pacaraima.

“Nós fizemos uma avaliação técnica da situação do município, sobre o processo de vacinação e discutimos as maneiras mais efetivas de ampliar e melhorar o trabalho executado no município. Para isso realizamos reuniões com as equipes de vigilância em saúde e atenção básica do município. Além disso, visitamos os abrigos e demais pontos de refúgio aos imigrantes, para concluir o levantamento das principais necessidades”, ressaltou a coordenadora.

O levantamento servirá para definir o apoio necessário que o município receberá do Governo de Roraima e do Governo Federal, com foco na ampliação da vacinação contra a Covid-19.

O governador Antonio Denarium destacou que o trabalho integrado é fundamental para garantir que essa futura etapa da campanha de imunização seja um sucesso.

“Por meio da boa relação que temos com o Governo Federal, chegamos a solicitar reforço na destinação de mais vacinas ao Estado para imunizar a população que vive em região de fronteira, e agora estamos trabalhando em conjunto mais uma vez, Governo do Estado junto ao Ministério da Saúde e a prefeitura, para reforçar a proteção coletiva contra o coronavírus em Pacaraima”, enfatizou o governador.

O município já começou a vacinação para o público com mais de 12 anos e está com estoque de vacinas reforçado pelo Governo Estadual para completar o esquema vacinal daqueles que já tomaram a primeira dose. Até agora Pacaraima recebeu 16.557 doses de vacinas.

De acordo com o secretário de saúde, Leocádio Vasconcelos, acelerar a imunização em Pacaraima é fundamental para manter o município mais protegido contra possíveis investidas de variantes do coronavírus na fronteira entre Brasil e Venezuela.

“A população residente precisa se conscientizar e procurar o quanto antes os postos de vacinação para tomar o imunizante, não só em Pacaraima como em todo o Estado, para que nós possamos avançar com tranquilidade na campanha e para que não haja congestionamento no sistema de saúde, devido a uma procura pela vacina por diversos públicos-alvo ao mesmo tempo”, ressaltou o secretário.

Texto: Lucas Sechi
Foto: Ascom/Sesau

Deixe um comentário