You are currently viewing GUERRA CONTRA A COVID-19 | Adolescentes com mais de 12 anos começarão a ser vacinados em Roraima
Compartilhe

Com o objetivo de acelerar a campanha de imunização contra a Covid-19, o Estado de Roraima começará a vacinação de adolescentes e jovens na faixa etária de 12 a 17 anos, com e sem comorbidades, a partir de segunda-feira, dia 16. Os jovens nessa faixa etária serão imunizados com a vacina Pfizer.

A boa notícia é resultado da pactuação em CIB (Comissão Intergestores Bipartite), realizada nesta quinta-feira, dia 12, em que todos os municípios acordaram pelo início simultâneo da vacinação para esse público, a partir da semana que vem, de acordo com a estratégia a ser estabelecida por cada município. Participaram da reunião online da CIB, os secretários municipais de Boa Vista, Caroebe, São Luís, Mucajaí, Alto Alegre, Rorainópolis, São João da Baliza, Cantá, Bonfim e Pacaraima.

De acordo com o secretário municipal de saúde, Cláudio Galvão, na capital de Boa Vista existe uma preocupação muito grande com o estoque alto e a baixa procura da população.

“Vamos continuar vacinando as pessoas com mais de 18 anos, porém é justo iniciar a vacinação de 12 a 17 anos, visto que temos muitas vacinas em estoque e pessoas que não tem procurado pela vacina”, ressaltou.

Segundo o governador Antonio Denarium, essa medida resultará em um avanço importante para o trabalho de enfrentamento da pandemia no Estado.

“Precisamos avançar no trabalho de imunização em Roraima e, para tanto, realizamos a discussão com todos os municípios sobre as estratégias que precisavam ser colocadas em prática para alcançar esse objetivo. E, chegamos ao consenso, de que todo o Estado de Roraima tem condições de ampliar o trabalho e começar a vacinar também os nossos jovens”, enfatizou o governador.

De acordo com a CGVS (Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde) a pactuação em CIB permite a liberação para todos os municípios iniciarem a vacinação a partir dos 12 anos, mas cada município ficará responsável pela forma como vai imunizar esse público.

“A orientação é a de que a vacinação inicie para a faixa de 15 a 17 anos e que seja ampliada de forma gradativa, mas, aqueles que possuem vacinas suficientes para iniciar a partir dos 12 anos, como a Capital, por exemplo, poderão montar a estratégia e avançar nesse trabalho. Temos realizado várias ações para sensibilizar a população e essa ampliação para o público mais jovem é fundamental ao passo que será um reforço importante com a proteção de jovens e adolescentes”, enfatizou a coordenadora.

Ela reforça que as equipes vão finalizar a escala de envio de mais vacinas para aqueles que precisam complementar o saldo do imunizante e o NEPNI dará todo o auxílio necessário para que, o quanto antes, cada sala de vacina já inicie a aplicação das doses.

A medida tem como objetivo também garantir o retorno seguro do ano letivo, visto que esse público está em idade escolar e precisa estar protegido para ter um retorno às aulas tranquilo e seguro.

“O Governo tem colocado em prática várias medidas para diminuir os efeitos da pandemia que tem vivenciado em vários estados e países. E, essa medida de promover a aceleração da campanha de vacinação é uma das prioridades, pois, com o retorno escolar, temos inúmeras famílias que estão preocupadas e, é para garantir o bem estar da coletividade, que estamos adotando mais essa medida fundamental para garantir a saúde da população roraimense”, destacou o secretário de saúde, Leocádio Vasconcelos.

Roraima recebeu, até o momento, 527.658 vacinas do Governo Federal, e tem mantido de forma contínua o repasse para todos os municípios, o que garantiu a entrega de 459.026 doses.

Até o momento, 333.484 doses foram aplicadas em Roraima, sendo 250.637 na primeira dose, 73.258 na segunda dose, e 9.589 em doses únicas.

Escrito por Lidiane Oliveira

Foto ASCOM| SESAU

Deixe um comentário