You are currently viewing IMUNIZAÇÃO CONTRA A COVID-19 | Mulheres lideram vacinação em Roraima com 52% de cobertura
Compartilhe

Em Roraima, a maioria do público vacinado contra a Covid-19 é feminino. Até agora, 171.186 mulheres tomaram as duas doses ou dose única dos imunizantes, o que corresponde a 52%. Em contrapartida, o ritmo de vacinação entre os homens precisa melhorar, pois somente 159.486 foram imunizados, o que corresponde a 48% de cobertura.

A chegada da vacina contra a Covid-19 não trouxe apenas esperança e alívio aos brasileiros. Para algumas pessoas a imunização completa é a certeza de dias melhores e a proteção durante o trabalho contra a Covid-19.

A enfermeira Márcia Almeida Figueiredo, que atua na linha de frente contra a Covid-19 e foi uma das primeiras profissionais de saúde a se vacinar no HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens Bento de Souza), disse que a vacina foi o melhor presente de 2021.

“Nesse momento a vacina da Covid-19 é a principal ferramenta contra o vírus. Eu me vacinei em janeiro com as primeiras vacinas que chegaram no Estado e desde então me sinto mais segura. Não tive nenhum evento adverso da vacina, mas continuo mantendo cuidados como uso de máscara, álcool em gel e lavagem das mãos, pois não estou protegendo somente a mim, mas também minha família e a comunidade”, destaca.

De acordo com a médica infectologista, Alessandra Martins, o medo da vacina ainda impede Roraima de aumentar cada vez mais a cobertura vacinal em todo Estado. Por isso ela alerta que não se deve dar atenção a notícias falsas.

“As vacinas são totalmente confiáveis, seguras e foram validadas por meio de estudos sérios, desenvolvidos por instituições de prestígio e autorizadas pelos órgãos competentes. Por isso homens e mulheres, todos com idade acima de 18 anos, não devem ter medo de se vacinar”, ressalta.

A infectologista salienta que a desinformação e fake news tem levado uma parcela significativa dos roraimenses a não procurar os postos de vacinação, o que aumenta os registros da doença.

“A imunização deve ser coletiva e envolver todos os cidadãos incluindo homens e mulheres, idosos, adultos e inclusive, os adolescentes que estão liberados para tomar a vacina. É um ato fundamental para prevenir o agravamento, a hospitalização e principalmente a mortalidade, por isso não se deve perder a chance de tomar a vacina”, acrescentou.

Mais de 300 mil doses foram aplicadas até agora

A Campanha de imunização contra a covid-19 já garantiu a aplicação de 330.672 doses, sendo 249.059 primeira dose, 72.029 segunda dose e 9.584 doses únicas.

O Governo do Estado tem mantido o repasse de todas as vacinas recebidas pelo Governo Federal, por meio da entrega contínua que o NEPNI (Núcleo Estadual do Programa Nacional de Imunização) tem feito às coordenações municipais. Porém as salas de vacina ainda estão com muitos imunobiológicos em estoque.

De acordo com o Vacinômetro, plataforma que acompanha o nível de cobertura vacinal em Roraima, todos os municípios  tem vacina em estoque somando um total de 46.262 doses, sendo 10.000 para indígenas e 36.261 para o público geral.

Escrito por Aymê Tavares

Foto Ascom/Sesau

Deixe um comentário