You are currently viewing MUDANÇA DE FLUXO | Pronto Atendimento Cosme e Silva passa atender pacientes com covid-19
Compartilhe

Em virtude da queda no número de casos de internações e de óbitos por covid-19, a Secretaria de Saúde, está colocando em prática mudanças no fluxo de rotina nas unidades hospitalares da rede estadual.

A medida visa garantir o atendimento de todas as demandas de saúde relacionadas ou não à pandemia, dando a população a assistência necessária em todas as áreas.

Nesse sentido, a partir da próxima segunda-feira, 28, o serviço que era prestado para pacientes com a doença no pronto atendimento do Hospital Estadual de Retaguarda Covid-19 será oferecido no Pronto Atendimento Cosme e Silva, situado na rua Delman Veras, s/n, no bairro Pintolândia.

A diretora geral do Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento, Patrícia Renovato, destaca que o atendimento para pacientes com covid-19 que necessitem de acompanhamento em leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) continuará sendo prestado na unidade, por se tratar da maior referência hospitalar do Estado.

“O Hospital Geral é a unidade referência para os casos graves da doença, e desta forma os leitos de UTI e de suporte ventilatório serão mantidos. Isso significa que não haverá nenhuma alteração nesse fluxo de atendimento, uma vez que ainda estamos em pandemia e as mudanças visam a continuidade do atendimento”, ressaltou a diretora.

A coordenadora Geral de Vigilância em Saúde, Valdirene Oliveira, ressalta que o monitoramento da covid-19 continuará a ser realizado, mesmo com a queda da incidência de casos da doença.

“Continuaremos dando todo o suporte técnico e a análise de risco epidemiológica dos casos, e assim dando suporte a gestão e fazendo os alertas sempre que necessário”, enfatizou.

ENTENDA O FLUXO

Com a mudança, o Pronto Atendimento Cosme e Silva passará a fazer a triagem de pessoas sintomáticas respiratórias para covid-19. Caso o paciente venha a apresentar critério para internação, seja em leito clínico ou UTI, a unidade fará o encaminhamento do mesmo para o HGR.

“Queremos tranquilizar a população e dizer que nenhum paciente ficará sem atendimento, pois a preocupação do Governo do Estado de atender toda a população continua sendo o foco do nosso trabalho. O que vai ser feito é apenas uma reorganização no fluxo de atendimento, visto que hoje temos um maior controle da pandemia que nos possibilita fazer as mudanças”, esclareceu Patrícia.

Texto: Ascom Sesau
Foto: Ascom Sesau

Deixe um comentário