You are currently viewing MUTIRÃO DA ESPERANÇA | Mais de duas mil pessoas são vacinadas no primeiro dia de ação integrada contra a covid- 19
Compartilhe

Um fim de semana histórico para a luta contra a covid-19 em Roraima. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde, as prefeituras de Pacaraima, Rorainópolis e Bonfim e o Exército Brasileiro, por meio da Operação Acolhida, se uniram para fortalecer a guerra contra a doença e acelerar a vacinação da população, com a aplicação da primeira dose de vacina para as pessoas com mais de 18 anos sem comorbidades.

O resultado do trabalho, coordenado pela CGVS (Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde), foi uma verdadeira força-tarefa executada de forma simultânea em prol da saúde da população que vive no interior do Estado.

Ao todo, 2.029 pessoas foram imunizadas no primeiro dia do mutirão nos três municípios, sendo 953 vacinas aplicadas em Pacaraima, 734 doses em Rorainópolis e 342 vacinas aplicadas no Bonfim.

“Temos trabalhado muito e mantido o empenho e planejamento para vacinar toda a população elencada pelo Ministério da Saúde. Sabemos que, para alcançar esse público de maneira mais rápida, é preciso estreitar os laços e reforçar as parcerias com as prefeituras. Por isso, realizamos esse trabalho em Pacaraima, fronteira com a Venezuela, Rorainópolis, divisa com o Amazonas, e Bonfim, na fronteira com a Guiana. Não podemos deixar de agradecer ao Exército, que tem sido parceiro do Governo de Roraima, pelo apoio, por meio da Operação Acolhida”, enfatizou o governador Antonio Denarium.

Para o secretário de Saúde, Airton Cascavel, o trabalho integrado reflete o compromisso de todos os entes federativos de buscar uma solução conjunta para enfrentar a pandemia e minimizar os impactos para a população de Roraima.

“Hoje foi um dia de luta, persistência e principalmente de vitória. Estivemos juntos nestas três regiões, cada um tentando fazer o seu melhor e o resultado não poderia ser outro, conseguimos em um único dia mobilizar mais de duas mil pessoas. Essa é a prova de que, com união e planejamento, é possível alcançar mais pessoas e obter um resultado mais imediato contra essa doença”, esclareceu.

O engenheiro David Willian de Lima, de 43 anos, veio acompanhado da esposa, a arquiteta Claudia Galan de Lima, de 42 anos. Para o casal, tomar a primeira dose do imunizante é a esperança que faltava para aumentar a vontade de vencer a doença.

“Para mim foi muito bom, pois estava esperando muito por esse dia. Tomar a vacina nos deixa mais tranquilos, agora estamos na expectativa de chegar logo o dia para a segunda dose”, disse o David.

A estudante Raquel Silvino do Nascimento, de 22 anos, não escondeu a emoção de tomar a primeira dose da vacina. “Para mim o dia de hoje significou que, graças a Deus, estamos mais perto de vencer essa batalha e por isso estou muito feliz por ter tomado a minha primeira dose”, agradeceu.

Desde o início da Campanha de Vacinação, o NEPNI (Núcleo Estadual do Programa Nacional de Imunização) repassou até agora para Pacaraima 6.105 vacinas e a cobertura é de 48%. Rorainópolis recebeu 15.479 doses até agora e está com cobertura de 54%. Bonfim já recebeu 5.844 doses e possui cobertura de 68%. Para aumentar o número de doses aplicadas, o trabalho continuará neste domingo durante todo o dia.

Para o eletricista Pedro Asdrubal, de 49 anos, o sábado foi de festa ao receber a tão esperada vacina. “Hoje tomei a minha vacina e me sinto bem e feliz, por isso quero fazer o convite para todo mundo vir tomar a sua vacina e se cuidar contra essa doença”, afirmou.

Texto: Lidiane Oliveira
Foto: Ascom/Sesau

Deixe uma resposta