You are currently viewing SAFRA | Governo de Roraima impulsiona agricultura familiar modernizada e permanente
Compartilhe

Em Roraima, a tecnologia tem melhorado a vida do produtor rural, beneficiando o aumento do plantio, o ritmo de escoamento da produção e a sustentabilidade do trabalho, sem sobrecarregar a natureza.

Com o Projeto de Grãos na Agricultura Familiar, o Governo do Estado tem apoiado o agricultor, aplicando recursos em toda infraestrutura rural – do manejo ao gerenciamento agrícola – valorizando o fluxo da colheita.

Na Vila Tamandaré, localizada no município de Mucajaí, técnicos da Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação) e do Iater (Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural de Roraima) estiveram neste sábado, 23, atendendo aos produtores rurais, viabilizando orientação da produção, ajudando na entrega do calcário e diesel para os maquinários iniciarem o preparo da terra e plantio de milho na região.

Para o secretário da Seadi, Emerson Baú, o investimento no campo monetiza o produtor rural.

“O Governo de Roraima insere recursos no plantio subsidiando adubação, fertilizante, sementes, além da própria colheita e o agricultor ainda retém o valor da produção, podendo estimular sua economia em outra área, já que ele utiliza, inicialmente, de um a três hectares para o preparo da terra”, enfatizou Baú.

Agricultor em Tamandaré, há 20 anos, Raimundo Nonato descreveu as dificuldades enfrentadas no cultivo agrícola e comentou sobre a regularização fundiária.

“Atualmente, a política nacional tem colaborado bastante com a distribuição de terras, entendendo a necessidade do agronegócio na economia do Brasil, investindo em inovação tecnológica e na formação do homem do campo. Todavia, ainda convivemos com o encarecimento dos combustíveis, insumos, manutenção de equipamentos, custeio da propriedade e escassez da mão de obra. Ainda assim, a Agricultura Familiar tem dado forças ao homem do campo para continuar produzindo”, pontuou.

O governador Antonio Denarium destaca que o projeto fortalece o agricultor no desenvolvimento primário. “A Agricultura Familiar subsidia a estrutura produtiva e oportuniza autonomia econômica para homens e mulheres do campo. E esse trabalho tem sido árduo neste governo para o desenvolvimento do produtor rural, que tem favorecido a regularização fundiária e o ambiente de negócios, resultando numa produção agrícola recorde a cada ano em Roraima”, concluiu.

Texto: Michel Sales
Foto: Ascom Seadi e Secom-RR

Deixe um comentário