You are currently viewing SAÚDE ITINERANTE | Parceria entre o Governo e Judiciário levará serviços especializados aos moradores do Baixo Rio Branco
Compartilhe

Os moradores do Baixo Rio Branco vão receber atenção especial na área de saúde neste mês de setembro. O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), em parceria com o Poder Judiciário, vai disponibilizar atendimentos especializados para as pessoas que vivem nas comunidades ribeirinhas da região. A Caravana da Saúde iniciará os serviços a partir de segunda-feira, dia 6.

A Sesau vai levar o projeto Saúde Itinerante com consultas médicas nas áreas de ginecologia, com ultrassom para gestantes, e oftalmologia, com confecção gratuita de óculos para os casos indicados pelo médico especialista. Além disso, a Sesau fará também a distribuição de hipoclorito e fará orientações sobre a prevenção a DTS´s, incluindo a distribuição de preservativos. Já o Tribunal de Justiça vai realizar serviços na área jurídica e social na região.

O cronograma contempla atendimentos aos moradores das comunidades Remanso, no dia 06, Samaúma e Itaquera, dia 07, Floresta, Panacarica e Dona Cota, no dia 08, Caicumbí, dia 09, Cachoeirinha, dia 10, Terra Preta e Lago Grande, no dia 11, Sacaí, dia 12 e finaliza em Santa Maria, no dia 13.

De acordo com o diretor do DPSI (Departamento de Políticas de Saúde Itinerante), Diego Mota, foi feito um planejamento para garantir a logística e deslocamento, de forma segura e rápida. O objetivo é que no domingo, dia 5, esteja tudo pronto para receber a população na segunda-feira.

“Os ribeirinhos moram muito longe das sedes municipais. Tem comunidades como a de Caicumbi, que é uma das mais distantes do território de Caracaraí, que fica a mais de 500 quilômetros, em um acesso que só é possível por via fluvial. Vai ser mais um desafio para a equipe de profissionais da saúde que integram esse projeto, mas topamos o desafio e de imediato aceitamos o convite, pois essa é uma preocupação do governador Antonio Denarium e a Sesau tem a missão de colocar na prática as ações que atendam ao anseio da gestão”, ressaltou.

De acordo com o governador Antonio Denarium, essa força tarefa montada para atender às famílias que vivem na região é resultado do convite feito pelo Poder Judiciário que o Governo do Estado prontamente está atendendo, em virtude dos benefícios que o trabalho integrado entre os poderes pode proporcionar à população.

“Em algumas áreas distantes do Interior é possível você chegar por meio de estradas, mas nessas comunidades você só consegue através dos rios e em algumas delas até por via aérea. Por isso, é importante que em ações como essa no Baixo Rio Branco a população conte com o máximo apoio, seja no social ou na saúde, porque nós sabemos da dificuldade que possuem. Esse é um esforço da Saúde Itinerante atendendo nossa preocupação com a saúde da população, especialmente aqueles que vivem mais distantes da Capital”, enfatizou o governador.

Saúde Itinerante realizou mais de seis mil atendimentos até agora

Desde a retomada do projeto pelo Governo do Estado neste ano, 6.674 pessoas já foram beneficiadas em todo o Estado com as ações de melhoria na qualidade de vida. De lá para cá, 4.744 pessoas já foram ouvidas, avaliadas e receitadas durante as consultas com os médicos especialistas da Sesau que integram o programa.

Além disso, a Sesau, por meio do Saúde Itinerante, está entregando, conforme cronograma estabelecido, 1.930 óculos para todos os municípios em que os moradores realizaram consulta com médico oftalmologista.

O secretário Leocádio Vasconcelos reforça que a ação vai maximizar a acessibilidade da população à saúde e aos serviços de cidadania, dando mais qualidade de vida ao garantir o bem-estar do coletivo.

“Esse é o momento de deixar claro o intuito mais puro desse projeto, que é de aproximar de verdade a saúde da população, principalmente as que estão situadas nos lugares mais afastados. É tempo da saúde despertar um olhar mais acolhedor e ainda mais humanizado para o nosso povo, e esse será o nosso objetivo no Baixo Rio Branco”, destacou o secretário.

Texto: Lucas Sechi
Foto: Ascom/Sesau

Deixe um comentário